quarta-feira, 23 de abril de 2014

É hoje: Prefeita de Arcoverde também vai apoiar Câmara

Depois do prefeito de Gravatá, Bruno Martiniano (PTB), chega a vez da prefeita de Arcoverde, a também trabalhista Madalena Brito, anunciar apoio ao candidato do PSB a governador, Paulo Câmara, desgarrando-se do palanque do senador Armando Monteiro Neto, candidato da oposição a governador.

Madalena comunica sua decisão, hoje, inicialmente, ao ex-prefeito Zeca Cavalcanti, a quem sucedeu e de quem recebeu apoio nas eleições passadas, assim como ao deputado Júlio Cavalcanti, irmão de Zeca, ambos trabalhistas e aliados fervorosos da candidatura de Armando.Magno Martins

TRE absolveu Patriota de denúncia de compra de votos

Por sete votos a zero, o pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) absolveu o prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota (PSB), da denúncia de compra de votos impetrada nas eleições de 2012. A Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) foi ingressada pela ex-prefeita Giza Simões, que faleceu no ano passado. Parentes da antiga governante não enviaram representantes para a apreciação do caso, que fora encerrado em segunda instância.Blog da Folha

Poesia: “Se passar mais um ano sem chover, vai ficar pouca gente no Sertão”, um mote glosado por Enoc Ferreira


“Se passar mais um ano sem chover
Vai ficar pouca gente no Sertão”

O Sertão está sendo castigado
Pela seca cruel que nos comove
Faz dois anos completos que não chove
Acabou-se a fartura do roçado
Não tem pasto pra o gado no cercado
Desse jeito se acaba a criação
Morre um bicho por falta de ração
Falta até urubu pra lhe comer
Se passar mais um ano sem chover
Vai ficar pouca gente no Sertão

Já passou-se Janeiro não choveu
Fevereiro foi seco não pingou
Quando em março o inverno começou
Porém só uma chuva nele deu
Quem plantou a lavoura se perdeu
Com quarenta e seis dias de verão
Já que o povo não tem outra opção
A vingança que tem é só dizer:
Se passar mais um ano sem chover
Vai ficar pouca gente no Sertão.

Eu só sei que daqui pra o fim do ano
É certeza que a água vai faltar
Pra beber, pra lavar, pra cozinhar
Só se for de algum poço artesiano
Nessa água quem for lavar um pano,
Ela corta a espuma do sabão
Da que encrua caroço de feijão
Assim mesmo é melhor do que não ter
Se passar mais um ano sem chover
Vai ficar pouca gente no Sertão.

Sem chover o Sertão não vale nada
Pois a seca só trás calamidade
Carro-pipa abastece uma cidade
Mas água que traz é limitada
Vê-se a fila de latas na calçada
Todo mundo esperando o caminhão
Nisso o povo se agita ,faz pressão
Que o prefeito só falta endoidecer
Se passar mais um ano sem chover
Vai ficar pouca gente no Sertão.

Essa seca perversa foi quem fez
A miséria cruel que está se vendo
A pobreza humilhada recebendo
Uma feira que vem de mês em mês
Mas a feira que veio da última vez
Só foi óleo fubá e macarrão Q
Quando vem um punhado de feijão
Não há fogo que faça amolecer
Se passar mais um ano sem chover
Vai ficar pouca gente no Sertão.

Sertanejo tornou-se um flagelado
De lucrar já perdeu a esperança
Por que tudo demais a gente cansa
Esse povo já está desenganado
Disse um velho que vinha do roçado:
Já perdi toda minha plantação
Pra acabar com a safra de algodão
Só faltava o bicudo aparecer
Se passar mais um ano sem chover
Vai ficar pouca gente no Sertão.

Enoc Ferreira

REPENTES, MOTES E GLOSAS - Pedro Fernando Malta
Jornal Besta Fubana

Cantigas e Cantos

Chuvas não livraram cidades do abastecimento com carro Pipa

Dos 17 municípios do Pajeú dois ainda sofrem com a falta de água. Em Itapetim, as barragens de Boa Vista, Caramucuquie e Mãe D’água não receberam água suficiente para tirar o município da situação de colapso no abastecimento. A lata d’água na cabeça é comum na cidade. Na mesma situação está a cidade de Santa Terezinha, com a barragem do Tigre ainda seca. Por outro lado Brejinho saiu do caro pipa uma vez que a barragem de Serrinha recebeu bom volume de água que está sendo utilizada pela Compesa para atender os moradores.Rádio Pajeú

Egipcienses internados em estado grave, suspeita é de envenenamento

A equipe ROCAM foi informada pela 3ª CPM que duas pessoas haviam sido socorridas para o hospital local com suspeita de envenenamento. O policiamento se deslocou ao hospital, confirmando o fato pelas testemunhas, segundo uma das testemunhas as vítimas José Alberto dos Anjos Brito, 26 anos, residente no Sítio Malhada de Boy e Júnior Ferreira Gomes, 20 anos, residente no Sítio Grossos, passaram o dia ingerindo bebida alcoólica em sua residência no Sítio Grossos, e que pela manhã o mesmo bebeu com as vítimas, e em seguida saiu para trabalhar, permanecendo as vítimas na sua residência. Quando retornou encontrou as vítimas desacordadas no chão e próximo a elas havia um vidro de veneno pra carrapatos de uso veterinário, segundo informações do médico plantonista o estado das vítimas é grave. A ocorrência foi passada a disposição da DP para serem tomadas as medidas cabíveis.Mais Pajeú

MÚSICA: UMA SAUDADE BOA COM VATES E VIOLAS


SAUDADE BOA
Miguel Marcondes | Luís Homero

Se tudo passa ligeiro demais
Tanto tempo faz que eu não te vejo
Ninguém domina o subconsciente
Tão inconsequente que traz o desejo
Água de paixão é fogo
Molha, mas pode queimar
Lembro, você me dizia
Que aquelas ondas vão além do mar
Foi uma novidade que eu queria escutar
Passo na tua lembrança
Os amores vão, podendo voltar
Organiza o teu pensamento 
Pensando nos dias melhores que vêm
Botando fé no que não se vê
A gente consegue o que não se tem
Êita, que saudade boa
Voa, vai te encontrar
Em uma carta verde e amarela 
Eu disse tudo a ela num assoletrar

Inscrições para CNH Popular prorrogadas até o próximo domingo

O Detran decidiu prorrogar até o próximo domingo (27) as inscrições para o programa da Carteira Nacional de Habilitação Popular 2014 (CNH Popular). No fim do prazo de inscrições, entre os dias 19 e 21 de abril, internautas enfrentaram dificuldades para realizar o procedimento. O transtorno foi ocasionado por problemas técnicos nos servidores do governo.

O processo de inscrição para o CNH Popular deve ser feito exclusivamente pelo site do Detran: www.detran.pe.gov.br.

Segundo a instituição, um acidente ocorrido na Agência Estadual de Tecnologia da Informação (ATI) afetou um dos computadores centrais responsáveis pelo sistema de inscrição do programa. O problema já foi resolvido, mas o Detran resolveu ampliar o período de inscrições para o CNH Popular.

INCLUSÃO - Em seu novo formato, o programa inclui entre os contemplados os socioeducandos da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), aos quais serão destinadas 5% das vagas. Nos últimso seis anos, o mesmo percentual tem sido reservado para egressos do sistema penitenciário. 

Nesta edição, as pessoas desempregadas têm mais chances de serem selecionadas. Tais candidatos podem concorrer às vagas, independentemente do tempo de desemprego, posto que antes era necessário estar desempregado há no mínimo um ano.

20% das vagas do CNH Popular serão preenchidas por candidatos à primeira habilitação; 10% serão voltadas para candidatos a Renovação da CNH, 15% serão destinadas aos candidatos à adição de categoria. A maior porcentagem, 55%, irá para os candidatos à mudança de categoria da CNH.N10

Operadora OI com pane deixa cidade sem sinal durante seis dias e causa transtorno a usuários

Com freqüência a população de Santa Terezinha vem sofrendo com os problemas no sinal da empresa de telefonia móvel, a operadora OI foi a primeira e única operadora a oferecer o sinal na cidade, depois veio só conversa de colocarem a operadora Tim. Usuários ficam seis dias sem usarem os serviços e nada de explicação por parte da empresa. Pioneira mais com pouca qualidade no sinal, e sem o minimo de respeito pelos clientes. A telefonia OI vem deixando os usuários no prejuízo. Os problemas nos serviços oferecidos são diversos, a internet de pouca qualidade, os serviços de mensagens e de ligação apresentam panes freqüentes, e o pior, nada de explicação aos usuários por parte da empresa. Desde o dia 18 por volta das 07 hs30min a cidade estava sem sinal, voltando apenas algumas vezes nós ainda conseguia realizar algumas chamadas, depois 'necas'. Se a população terezinhense fosse como pessoas de outras cidades adjacentes já teriam invadido o prédio da torre, e cortado os cabos ou até mesmo ateado fogo nos equipamentos. Aí sim, apareceria algum pra dizer pelos Oi o que está acontecendo aqui? Por Valmir Andrade.

Postado por Valmir Andrade 

SÃO JOSÉ DO EGITO: 1º TORNEIO DE TIRO ESPORTIVO EM MAIO


terça-feira, 22 de abril de 2014

Senado aprova Marco Civil da Internet

A toque de caixa, o plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (22), o Marco Civil da Internet e o projeto segue agora para sanção presidencial. Mesmo com o esforço da oposição para ganhar tempo e discutir ajustes no projeto aprovado na Câmara dos Deputados há menos de um mês, a base aliada se impôs à minoria. Com a aprovação, a presidente Dilma Rousseff terá a chance de apresentar o marco regulatório no Net Mundial, evento internacional que trata da governança da internet.

A votação foi marcada até por bate-boca em plenário entre o petista Lindbergh Farias (RJ) e o presidenciável Aécio Neves (PSDB-MG). No calor da discussão sobre a inversão de pauta, o senador Mário Couto (PSDB-PA) saiu em defesa do colega tucano e teve de ser apartado pelo senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP).

A oposição argumentou que era preciso aprimorar o projeto e que aprová-lo de maneira açodada serviria apenas para que o Palácio do Planalto tivesse algo a apresentar no evento internacional de amanhã, em São Paulo. "Temos de votar hoje para a presidente Dilma apresentar um troféu?", questionou o líder do DEM, Agripino Maia (RN).

Os oposicionistas chegaram a pedir um mês para analisar o projeto, que hoje passou pelo crivo das Comissões de Constituição e Justiça e Ciência e Tecnologia. Os senadores alegaram que a Câmara teve três anos para discutir a proposta e que o Senado estava sendo "atropelado". "O Senado não pode se consolidar como chancelaria da Câmara e do Executivo", definiu o senador tucano Álvaro Dias (PR).

O pré-candidato à Presidência da República pelo PSDB, Aécio Neves, disse que a oposição apoia o projeto aprovado na Câmara, mas defendeu o direito dos senadores de aprofundar a proposta. "Mais uma vez a maioria desta Casa se curva ao Palácio do Planalto", afirmou.

Sob pressão do Planalto, os aliados sustentaram que o projeto é uma demanda da sociedade e que a Câmara já produziu um projeto equilibrado. Não houve alteração no texto aprovado em 25 de março pelos deputados. Pouco antes do início da sessão, manifestantes da rede Avaaz apresentaram uma petição com 350 mil assinaturas virtuais de apoio ao Marco Civil.

Fonte: Agência Estado